02 outubro, 2009

Algumas palavras - II

A primeira palavra que li na vida foi "Biologia".

Porém, um das palavras que mais me encantou foi "anticoncepcional". Ficava repetindo a palavra sem parar, como um brinquedo de corda.

Era uma palavra difícil e a mim parecia um grande feito ter conseguido capturá-la.

Um dia, a minha avó materna reclamou com a minha mãe: Uma menina tão pequena não devia ficar falando palavra tão feia.

Então eu descobri que existiam palavras proibidas. E se era proibida poderia ser só minha. Um segredo. Uma intimidade.

Agora eu repetia a palavra baixinho. Só para mim.

Anticoncepcional.

O prazer da palavra estalando entre língua e dentes.

Eu devia ter uns 5 anos.

2 comentários:

Wilson Torres Nanini disse...

A inocência cruel das criancinhas! Rsrs.

yasmine disse...

Nossa, quando eu tinha 5 anos bricava de esconder papéis rabiscados dentro de uma caixa de chocolate atrás da porta do quarto... a gente nunca esquece esse momento em que descobrimos um novo mundo!