10 março, 2007

entrevista com clarice lispector













Segunda-feira passada, em programa da TV Cultura, ela surgiu como uma aparição na minha tela. Fiquei de olhos e alma vidrados nela. Uma mulher forte, de olhares e silêncios enigmáticos, de respostas secas, rápidas, precisas.

Ela, Clarice Lispector. Na hora da estrela.

(fonte:youtube)

5 comentários:

Fernanda disse...

"Sou tímida e ousada ao mesmo tempo"
"Sou uma amadora e faço questão de ser"
Ela é demaisssssssssss!

Olga disse...

Essa entrevista é a última que ela fez? Se for, acho que ela já estava meio doente, visivelmente cansada. Ela tinha uma aura misteriosa, fascinante. Nessa entrevista ela diz que quando não está escrevendo está morta, portanto ao dar a entrevista estava morta. Mas ao mesmo tempo dá uma sacaneada e diz que ao contrário do que falam, ela é alegre e que ela só estava triste naquele dia porque estava cansada. PS: desculpe o comentário longo, mas é que adoro a Clarice.

*~Tati~* disse...

Sensibilidade rara... Clarice Lispector... perfeito! num tinha visto essa entrevista ainda não... amei! sem palavras[..] =D

Micheliny Verunschk disse...

Olga, algum tempo depois dessa entrevista Clarice morreu.

Abs!!!

Anônimo disse...

Micheliny,
a correria do meu dia-a-dia, que me impõe obrigações impeditivas a algumas descobertas, me faz ficar mais que feliz ao saber de ´coisas´ assim, como as entrevistas que você tão generosamente nos trouxe. O garimpo que é do outro, a pedra preciosa que é dividida também comigo. Obrigada!
Clarice Lispector é nome também do nosso auditório, na Casa da Leitura, sede do PROLER - Programa Nacional de Incentivo à Leitura - FBN - MinC, no Rio.
Agora... vou aos livros!
Obrigada também por isso.
Um terno beijo,
Nana.
Nana Valente Soutinho
http://www.bn.br/proler