27 abril, 2007

Voltei








Estou aqui de novo e, para comemorar, "Drago" e "Vuel Vila', de Xul Solar.

Alejandro Xul Solar (1887-1963) foi um artista plástico argentino que misturou num caldeirão cores, texturas e referências míticas, simbólicas e espirituais criando um universo oscilante entre magia e realidade. Erudito, Xul criou uma expressão artística própria, independente, que trafegava entre surrealismo, impressionismo, expressionismo e metafísica.

Para mim, sua pintura é uma das que mais se aproximam da poesia.

Um comentário:

Tatiana disse...

Hum... novidade pra mim!
não conhecia Xul Solar.. muito massa! parece Miró, cheio de cores..e esse eu amo!

Bjuuuu Miiii, té mais..

.Tati.