19 outubro, 2007

Juvenar



Essa música, do sensacional Karnak, é a trilha sonora da nossa saída de Sampa. São Paulo que tanto amo com suas amoreiras carregadinhas na primavera, São Paulo tão maltratada pela poluição. São Paulo que trocaremos, só um pouquinho, por Aldeia. São Paulo, que carrego no coração...

Um detalhe sobre essa música é que acho que me apaixonei por Ricardo quando o vi cantando-a ao som de um violão numa roda de amigos.

Tá frio aqui,
Tá muito poluido,
Eu tô triste eu tô aborrecido,
Tá feio aqui,
Tá muita poluição,
Tá fedido fumaça de caminhão,

Eu tô cansado da cidade eu quero ir pro mato, tem de tudo lá
Porco galinha pato, tem carroça tem cachorro tem carro de boi,
Correguinho sempre tem

Juvenar juvenar vem tirar o leite,
São 6 horas da manhã,
Juvenar, juvernar!
Juvenar, juvenar!

2 comentários:

Caruco disse...

É interessante como o violão apaixona as mulheres. Sinto que se do dia pra noite eu desaprendesse a tocar, a minha me deixava.

Micheliny Verunschk disse...

kkkk! muito bom, Caruco! Violão deve ser um instrumento enfeitiçado...

Abs!