01 agosto, 2007

Fora do Jogo



Seis mulheres querem ir assistir a uma partida de futebol. Mas não é qualquer partida. É a final das eliminatórias para a Copa do Mundo da Alemanha. No entanto, elas não são mulheres comuns em um país qualquer. São iranianas e no Irã as mulheres são proibidas de entrar em estádios. As que conseguem burlar a vigilância, são presas. O filme, de Jafar Panahi, narra a trajetória de seis meninas que querem muito assistir essa partida e dos policiais que as capturam. Como pano de fundo os preceitos e costumes do mundo oriental tão diversos e distantes dos nossos. O filme é leve mas põe o dedo na ferida: por que eles podem estar lá dentro e elas não?

Desobediência civil, mulheres obstinadas, futebol (a minha e a sua paixão, caro leitor) deságuam numa eqüação cujo resultado, explosivo como um coquetel molotov, ensina que o que dá pra rir, dá pra chorar.

2 comentários:

Julio Vila Nova disse...

Micheliny, não assisti ao filme, que foi exibido no Festival de Inverno de Garanhuns, mas deve valer mesmo a pena. Quanto ao tema, é bom saber que não temos esse problema no Brasil...pelo menos não em Pernambuco...pelo menos não no Arruda, onde a torcida feminina do Santa Cruz está sempre presente dando show!

Micheliny Verunschk disse...

É Tricolor, uhu! É tricolor, uhu!